terça-feira, 7 de agosto de 2012

347º


O fim-de-semana teve tudo para que eu me arrependesse de ter ido.

Estás com outra pessoa. E eu tinha mesmo que lidar com isso. Era inevitável e eu sabia que isso me iria destruir. Destruiu! E destruiu todas as esperanças que existiam.

Chorei. Berrei. Sufoquei. Solucei.
E tu estiveste lá, apesar de tudo, a dar apoio, carinho e sei lá mais o quê.
Pediste-me desculpa por não conseguires ser melhor. Não se trata de não seres melhor. Trata-se daquilo que sentes e quanto a isso não há nada a fazer!

Apesar de tudo. Apesar de seres minha ex namorada. Apesar de existir outra pessoa na tua vida não consigo sentir um pingo de raiva. Tu és uma pessoa tão fácil de gostar.

Eu gosto de ti. Eu gosto mesmo de ti.
E gosto para além de tudo aquilo que já vivemos.
E ontem… Depois de 1 ano e meio de namoro e depois de 2 meses em que tudo isso acabou, tive a coragem de dizer que te amo. Talvez tarde de mais. Ou não. Não teria mudado nada. Respondeste que sempre soubeste. Pois, nunca te disse mas tu sempre soubeste.

Vai levar tempo a habituar-me à ideia de que já não és minha.
Mas quero tanto continuar a ter-te por perto. Custa o que custar.

No fim de tudo valeu pela despedida.
E por tudo o resto!

E assim se passam 2 meses desde o dia que fiquei sem ti…

1 comentário:

Moon Light disse...

Incrivel o que escreves-te.... primeiro de tudo, desculpa estar a meter-me no teu mundo e na tua dor... mas a tua historia, descrição, tudo é muito parecida com a minha..
Adorava poder falar ctg.
Não te conheço, mas digo-te... levanta a cabeça, limpa o rosto e segue em frente, tens um mundo á tua frente e tens um objectivo muito importante.... Ser Feliz!!

Beijo