segunda-feira, 2 de maio de 2011

185º

Não fumo. Aliás, não sou uma fumadora habitual. Fumo socialmente (mas pouco). Gosto de fumar um cigarro quando vou sair ou simplesmente quando me apetece mas não é algo que compre regularmente ou que sinta uma imensa ansiedade se não tenho cigarros na mala, mas a verdade é que ultimamente me anda a apetecer bastante um cigarro. Hoje, a M. deu-me um e depois de várias semanas amanhã tenciono comprar. De mentol, talvez.
Vah dispenso as criticas até porque isto não é um vicio...
Não é, nem vai ser.

7 comentários:

JUST A GIRL disse...

Longe de mim criticar-te, até porque não posso. Não fumo, nem nunca fumei. Não posso por isso entender essa tua necessidade. O que posso dizer é apenas isto, se te apetece...

Sleepy disse...

Eu sou fumadora! E por experiência própria e já vi vários caso que depois de se comprar o maço começa-se a viciar!
Se não te queres viciar mesmo mais vale andares a "cravas" porque assim se não houver ninguém com tabaco, tu também não te importarás. Este e o concelho que costumo dar.
Desculpa se fui intrometida...
Bjx

Filip@ disse...

Agradeço o conselho Sleepy. Não tenciono viciar-me porque não tenho dinheiro nem paciência para vícios. Continuo com um único vicio e não tenciono deixar de o ter: chocolates ;)

Pugo disse...

Boas.

Se fosse há uns anos atrás talvez te dissesse que é assim que se começa.

Fui fumadora durante cerca de 10 anos e já há quase 3 que "estou limpa"...:D :D
De vez em quando apetece-me um cigarro, não o nego... após jantares ou noitadas com amigos é algo que imensas vezes me apetece. Mas, passada essa noite, a vontade passa também. Sei que não o iria repetir no dia seguinte.
Hoje em dia sei que posso pegar num cigarro que muito dificilmente me viciaria de novo. Tenho total controle sobre isso...

Mas, se não te queres viciar o melhor é não comprares mesmo...
;)
Se não gostas de cravar como é o meu caso aqui fica um conselho de algo que fiz há uns tempos...

Havia duas amigas que, de vez em quando me "davam" um ou outro cigarrito.. Como nunca gostei de cravar, nem me sinto confortável com a situação um dia comprei uns maços e dei-lhes.
Assim não fiquei com eles na minha pose (e evitei vontades repentinas) e , por outro lado, também as compensei
;)

Boa sorte

Bloody Mary disse...

Que vontade... Deixei de formar à cinco anos e de vez em quando anda me apetece, mas até agora tenho conseguido resistir à tentação. Fuma um por mim, ok?

Miminho

Kim disse...

Tenho exactamente a mesma relação com o tabaco que tu! Aconselho mentol sim..se gostares de tabaco fraco talvez slims (mas prepara-te para ouvires bocas!dizem que são cigarros de p***!não percebo --) se gostares de algo mais forte talvez SG mentol! Como o SG está caro agora da última vez comprei Karelia que fica um pouco mais baratinho e só é ligeiramente mais fraco que o primeiro!(o que para quem não é viciado não é um problema!)
Um cigarrinho sabe sempre bem depois de uma boa refeição ou então quando se vai tomar um cafézinho com os amigos =)

Filip@ disse...

Pugo, gostei da ideia ;) Obrigada

Bloody Mary, na duvida e para não voltar a viciar opta por um chocolate , que é algo que me vicia muito mais mas pronto. ;)

Kim, já experimentei todos os que falaste e gosto de todos, e sim já tinha ouvido falar nesse estereotipo dos slims lol. Um beijinho ;)